Existem 4 tipos principais de desencravador de unha utilizados pelos profissionais especialistas para trazer alívio aos que sofrem deste mal.

Lembrando que quem tem mania de cutucar a unha precisa tomar cuidado para não agravar o problema, ok?

Já fizemos um post aqui no Blog para conversar com vocês sobre este assunto: a manicure deve desencravar unhas ou não? Quer ficar por dentro deste papo? Então, corre lá:

Desencravadores de unha

Cada tipo de desencravador é indicado para uma situação diferente.

O desencravador de unha comum, por exemplo, pode ser adquirido facilmente em perfumarias e outras lojas do gênero.

Ele pode ser usado em casos leves, mas mesmo assim, este tipo de procedimento é sempre um risco para a manicure.

Já a goiva de podologia, como o próprio nome diz, é uma ferramenta de trabalho dos podólogos que aprenderam como utilizar esta ferramenta em seus cursos.

A órtese também é uma ferramenta de podólogos e funciona mais ou menos como um aparelho de dentes. Mais adiante a gente explica melhor.

O desencravador oriental ficou muito conhecido na internet. Porém, ele é indicado para um tipo específico de unha encravada. Mais adiante neste artigo você verá mais informações sobre ele.

Agora que já sabemos um pouco sobre cada desencravador de unha, vamos conferir mais detalhes sobre cada um deles para ficar bem informados sobre o tema.

Desencravador de unha comum

desencravador de unha para manicure

O desencravador de unha comum é utilizado pelas manicures no dia-a-dia do salão. Esta ferramenta ajuda a retirar a pele que fica presa sob a unha, lá no cantinho.

O desencravador comum de inox possui uma ponteira com uma curvatura. Existem vários modelos diferentes, que podem ser mais arredondados ou mais achatados.

De qualquer forma, o desencravador nunca deve ser afiado, pois sua função não é cortar a pele e sim empurrar o excesso que está debaixo da unha para fora.

A manicure pode desencravar unhas?

desencravador de unha como usar

Embora desencravar unhas não seja uma obrigação da manicure, é possível que esta profissional utilize o desencravador comum quando o dedo da cliente não apresenta sinais de inflamação.

Até porque uma unha encravada, inflamada e com pus deve ser tratada por um profissional que saiba cuidar de casos graves, utilizando técnicas e ferramentas, além de indicar medicamentos para o tratamento.

Por isso, a manicure pode oferecer um serviço de prevenção de retirada de um excesso de pele que poderia causar uma inflamação grave se não fosse tratado.

Mas, mesmo assim, é sempre bom considerar a experiência da profissional. E, em casos graves, sempre procure um podólogo ou um médico.

Muitas pessoas tendem a utilizar a espátula de unha, com a ponteira raspadora, para desencravar a unha. Porém esta não é a ferramenta mais indicada, pois a ponta aguda pode causar sangramentos e prejudicar o quadro.

Como usar um desencravador de unha?

A forma correta de utilizar um desencravador de unhas se aprende de suas formas: com a orientação de um instrutor preparado e com a prática. Por isso não conseguimos ensinar você a desencravar unhas aqui.

O que podemos fazer é mostrar como a manicure experiente utiliza um desencravador de unhas com excelência.

Neste vídeo, a manicure consegue fazer a retirada de todo o excesso de pele utilizando um desencravador e um alicate de cutícula.

Você percebe que o procedimento foi bem feito porque a pele saiu de uma vez e não houve sangramento.

Para ver o vídeo no celular, posicione a tela do aparelho na horizontal.

Goiva de Podologia

A goiva é um instrumento muito comum utilizado por podólogos no desencravamento de unha. Ela é afiada, por isso, também é chama por muitos profissionais de bisturi para calosidades.

A goiva para unha encravada ajuda o profissional a cortar e retirar o excesso de pele com mais facilidade sem causar ferimentos.

Seu uso exige treinamento, pois são vários movimentos usados pelo profissional ao trabalhar com o instrumento. Neste sentido, qualquer erro pode causar ferimentos graves.

Além disso, o profissional de podologia deve proceder com a esterilização dos instrumentos para evitar infecções ou transmissão de doenças.

Como usar a goiva ou bisturi para desencravar unha?

Neste vídeo, o instrutor Willians ensina como retirar o excesso de pele da lateral da unha, chamado de onicofose:

Neste outro vídeo, você consegue acompanhar os movimentos feitos pelo profissional que utiliza um bisturi micreonuclear:

Órtese de Podologia

A órtese é um tipo de procedimento da podologia que ajuda a unha a crescer sem deformações.

No caso de encravamento causado por uma unha que cresce muito curvada e penetra na pele dos cantos causando dor e inflamação, este tipo de tratamento é essencial.

Órtese com Fibra de Memória Molecular

órtese desencravadora de unha

Existem vários tipos de órtese, mas aqui nós vamos falar sobre a órtese com fibra de memória molecular.

Este tipo de órtese de podologia é uma placa de fibra que, ao ser colada à unha, faz pressão no sentido contrário ao da curvatura, ajudando a corrigir o crescimento da unha para que ela não pressione a pele.

Este tipo de procedimento não é indicado para qualquer caso da popularmente conhecida unha encravada.

Onicocriptose x onicofose

Este procedimento é apenas para quem possui um problema no formato de unha, a chamada onicocriptose. A unha encravada comum, com crescimento de um excesso de pele sob os cantos das unhas é chamada de onicofose.

Esta última é mais comum e possui um tratamento mais simples de prevenir com um corte reto das unhas e retirada periódica da pele para que ela não cresça em excesso.

Já a primeira possui um tratamento mais demorado para corrigir a estrutura da unha.

Aplicação de órtese com fibra de memória molecular

Neste vídeo do canal Cenap On-line você vê como aplicar a órtese com fibra de memória molecular:

Desencravador Oriental

desencravador oriental

O desencravador oriental, também conhecido como desencravador japonês é um tipo de instrumento conhecido da internet.

Assim como a órtese, o desencravador oriental é mais indicado para pessoas com onicocriptose, que é um problema onde a unha cresce muito afunilada, entrando na pele e causando dores e inflamação.

Ela funciona desta forma:

É sempre bom lembrar que este tipo de tratamento precisa ser feito por um profissional treinado.

Só ele vai saber dizer com que frequência deve ser usado o desencravador oriental e quais outros cuidados para ajudar no tratamento.

Para ver dicas de como a manicure pode lidar com unha encravada, veja:

Siga a Nati no Instagram para ficar por dentro das novidades!