Lixadeira de unha é um acessório incrível para quem faz as unhas com frequência.

Tanto quem faz as unhas em casa quanto as manicures profissionais podem e devem utilizar essa ferramenta para facilitar a vida.

Também chamada de lixa elétrica de unha ou de motor, a lixadeira de unha te faz economizar tempo e trabalho.

Veja a seguir dicas especiais para você que está pensando em aderir ao uso desse instrumento tão prático.

1. Escolha o modelo certo de lixadeira de unha para você

Existem várias lixadeiras de unha no mercado. Então, antes de comprar a sua, faça uma pesquisa com calma, observando as características de cada uma.

Aqui no Blog da Nati, inclusive, a gente já fez um resumão que analisa três tipos de lixa elétrica de unha. E fazemos, também, uma série de indicações para cada modelo.

Quando presta atenção aos atributos de cada marca, você pode perceber, por exemplo, que uma lixa à pilha pode não ser potente o suficiente e não compensa para manicures profissionais.

Você vai ver, assim, que talvez não compense comprar uma lixa com motor mais forte se você faz as unhas em casa.

Desta forma, cada modelo vai atender a necessidades específicas. Quer ver o post completo sobre o tema? Então, confira:

2. Entenda a função de cada broca

A lixadeira de unha funciona com pequenas peças que são acopladas a um encaixe giratório. Ou seja, cada uma dessas peças, também conhecidas como brocas, possuem funções diferentes.

Aliás, existem formatos e materiais diversos de brocas. Então, se você quer começar a usar a lixadeira de unha em seu dia a dia, é melhor entender para que funciona cada uma dessas pecinhas.

Para te ajudar nessa tarefa, claro, temos muito conteúdo aqui no Blog sobre tipos de brocas e os materiais dos quais elas são feitas.

Outra coisa importante para ficar atenta é a abrasividade das lixas. Com certeza, esse tipo de informação será muito útil na hora de escolher a broca apropriada. Para entender mais sobre isso, veja nosso post sobre lixa de unha.

3. Experimente brocas diferentes

Aprender na teoria é ótimo, mas só a prática faz com que a gente domine uma técnica de verdade. Por isso, pesquise fornecedores e compre modelos diferentes de brocas, experimentando suas funções.

Para aprender, treine bastante e observe as especificidades de cada um dos modelos.

Desta maneira, você vai encontrar as que se encaixam perfeitamente em seu fluxo de trabalho, seja em casa ou no salão.

4. Tome cuidado com a matriz das unhas

Esta é, sem dúvidas, uma das dicas mais importantes.

A matriz é o local onde o corpo produz o leito ungueal, ou seja, a unha propriamente dita. Essa fábrica natural fica na área imediatamente acima das cutículas.

Essa região deve ser tratada com muito amor e carinho, pois, qualquer trauma, batida ou machucado ali vai produzir consequências na formação das unhas.

Mas, o que isso significa na prática? Bem, significa que ao usar sua lixadeira nessa área, você precisa ter uma mão muito leve e delicada.

Não cutuque nem aplique força nessa região, porque esse tipo de coisa vai causar imperfeições nas unhas, deixando-as cheias de estrias e ondulações.

5. Pesquise sobre lixamento técnico

O lixamento técnico é um conjunto de boas práticas para o uso da lixadeira de unha.

Ele é mais conhecido e difundido entre as pessoas que trabalham com unhas de gel e outros tipos de alongamento.

Mas, fora do Brasil, por exemplo, o uso de lixadeira elétrica é muito comum, principalmente nas técnicas de manicure russa.

Independente disso, o lixamento técnico é um conhecimento muito útil para quem quer fazer da lixadeira de unha a sua companheira de nail art.

Enfim, como você já deve desconfiar, temos informações super interessantes sobre lixamento técnico aqui no Blog. Então veja: