Se você é manicure e não sabe se tem direito ao auxílio do governo durante a pandemia do Covid-19, então fica tranquila, a gente explica tudo para você.

Durante esta crise de saúde, muitas pessoas estão impossibilitadas de trabalhar. Por isso, muitas vezes, precisam recorrer a uma ajuda para se manter.

Uma ajuda para quem precisa

auxílio do governo

Sem dúvida, esta situação não é motivo de vergonha e não deve fazer você se sentir menos capaz.

Milhões de pessoas estão passando por sérias dificuldades financeiras durante esta crise. É o momento de ter calma, entender que isso não está acontecendo só com você e, principalmente, ter em mente que esta situação pontual não define quem você é.

Até os grandes empresários precisam recorrer ao auxílio Estatal nestes momentos de instabilidade econômica. E isso, com certeza, não faz deles pessoas incapazes. Desastres acontecem e o Estado existe para dar um suporte em momentos de crise.

Afinal, o importante agora é garantir o mínimo para viver e correr atrás da negociação das dívidas. Inclusive, aqui no Blog da Nati fizemos um post especial sobre como negociar o aluguel. Você já viu?

Agora, vamos ao que interessa.

Antes de mais nada, precisamos entender como vai funcionar o auxílio que já é chamado por muitas pessoas de coronavoucher.

Como funciona o auxílio emergencial de R$600 reais do governo?

De acordo com informações do site oficial do Governo Federal, o auxílio será concedido por 3 meses, podendo ser prorrogado pelas autoridades competentes.

O valor do auxílio é de R$600 reais por pessoa. Sendo que até dois adultos da mesma família podem receber o benefício, totalizando, no máximo R$1200 de renda emergencial por família.

No caso de mães que criam seus filhos sozinhas e que são arrimo de família, poderão receber o auxílio de R$1200.

manicure vai receber o auxílio do governo?

Quais são os pré-requisitos para receber o auxílio do governo?

  • Ter mais de 18 anos;
  • Estar desempregado, sem carteira assinada;
  • Não receber outro benefício previdenciário ou assistencial, exceto Bolsa Família;
  • Renda familiar de até três salários mínimos;
  • Não ter recebido acima de R$ 28.559,70.

Além disso, o beneficiário deve ser:

  • Micro Empreendedor Individual;
  • Contribuinte da Previdência Social;
  • Trabalhador informal ou autônomo.

Caso a pessoa não tenha nenhum registro ou cadastro que ateste sua atividade profissional, pode fazer uma autodeclaração.

Casos específicos tem condições especiais

No caso de quem é beneficiado pelo Bolsa Família, pode receber a renda emergencial, ficando então com o benefício mais vantajoso.

Já famílias que tem apenas um adulto que é responsável pela maior parte da renda da casa, seja o pai ou a mãe, podem ainda receber até R$1800 reais se tiverem um filho trabalhador informal.

Manicure tem direito ao auxílio do governo durante a quarentena?

Se você é manicure e é MEI, trabalhadora autônoma ou sem registro em carteira, terá, com certeza, o direito ao auxílio do governo. Desde que se encaixe em todos os pré-requisitos descritos pelo governo, é claro.

Trabalhadores que perderam seu emprego recentemente, mas que têm acesso ao seguro-desemprego, não receberão o auxílio emergencial.

Já os que tiveram diminuição significativa dos salários, mas continuam com vínculo empregatício em carteira, não poderão receber o benefício.

Tenho um salão e possuo empregados registrados, o que faço?

Se você possui uma empresa de pequeno porte, como um salão ou uma esmalteria, com empregados registrados, o melhor a fazer neste momento é conversar com seu contador para pensar em uma estratégia de negócios para este período.

De acordo com o SEBRAE, o governo liberou uma linha de crédito especial para micro e pequenas empresas. Esta linha de crédito permite que empresas pequenas tenham um crédito emergencial para a folha de pagamento.

Pequenas empresas são responsáveis por 54% dos empregos formais no Brasil, por isso, esta linha de crédito será importante para ajudar estes empresários a enfrentar a crise. Veja mais informações no site do SEBRAE.

Você pode, inclusive, começar com a negociação do aluguel do seu salão. Veja dicas de como realizar essa renegociação de valores com o proprietário:

Eu me encaixo nos pré-requisitos. Como devo proceder para receber o auxílio do governo?

manicure auxílio do governo

O governo está organizando um sistema de registros para que todos os que precisam possam ter acesso ao auxílio emergencial.

Cadastro Único

Se você ainda não tem registro no Cadastro Único, precisa fazer isso no aplicativo de celular ou no site da Caixa Econômica Federal.

Agora, se você já possui registro no Cadastro Único e já recebe o Bolsa Família, então já existe um calendário de pagamentos que o governo vai seguir para oferecer a renda emergencial. Então, na prática, você vai receber no mesmo dia que sempre recebe.

Porém, se você tem registro do Cadastro Único, mas não recebe o Bolsa Família, vai precisar ficar atento ao calendário que o governo vai divulgar. Mas não precisa fazer nenhum cadastro adicional, só ficar de olho nas comunicações do governo.

Aplicativo da Caixa Econômica Federal

Para quem é MEI, autônomo, desempregado que é contribuinte da previdência social, todas as pessoas que não possuem registro no Cadastro Único, mas precisam receber o auxílio do governo, precisam baixar o aplicativo da Caixa Econômica Federal ou acessar o site oficial para se cadastrar.

Neste caso, acesse o site do governo federal, e siga as orientações presentes.

Não tenho crédito no celular, como faço?

Quem não tem crédito no celular consegue acessar o site da Caixa Econômica Federal pelo computador.

Caso você não tenha um computador com acesso à internet, não tem problema. É possível acessar o aplicativo do celular mesmo sem internet, pois o governo federal fez um acordo com as operadoras de telefonia.

Mas, quem não tem acesso a um celular, pode recorrer também às lotéricas, que estão operando em horários reduzidos durante a pandemia: das 10h às 14h.

Cuidado com as fraudes

Muitos sites falsos estão recolhendo dados de pessoas desavisadas. Apenas forneça dados aos sites e aplicativos oficiais.

Se tiver dúvidas, converse com outra pessoa que tenha mais facilidade com este tipo de transação on-line e peça ajuda.

Fique em casa

coronavoucher

Na hora de realizar o cadastro, você pode inserir uma conta corrente da Caixa Econômica Federal para receber este dinheiro. É possível utilizar este valor no débito.

Porém, para sacar o seu benefício, é preciso ir até uma agência da Caixa Econômica Federal ou em lotéricas. Se precisar, procure ir logo no primeiro horário de atendimento para não encontrar aglomerações nas agências autorizadas.

Lembrando que as lotéricas estão funcionando em horário reduzido, das 10h às 14h.

Busque se informar sobre quais agências estão mais vazias. Pegue o número de telefone das lotéricas e ligue para saber os horários de menor fluxo. Não se esqueça de tomar todos os cuidados para evitar a contaminação.

Fique em casa, saia apenas em último caso.

Ainda tem outros problemas para resolver? Então, veja mais dicas sobre como lidar com a crise do Coronavírus: