A lixa de unha é fiel companheira de toda manicure, com certeza.

E, quem ama fazer as unhas em casa, certamente também gosta de sempre ter uma por perto. Aliás, quem ama unhas feitas e belas deve sempre levar uma na bolsa.

A questão é que uma profissional ou até mesmo uma amadora bem inteirada do assunto, normalmente, pode ter dúvidas na hora de escolher a lixa perfeita.

Será que aquela comum já é suficiente? E a lixa bloco, é recomendável?

Se faço alongamento, qual lixa devo utilizar?

Então, estas são todas dúvidas muito comuns e que você vai ver agora no Blog da Nati como responder.


Para que serve a lixa de unha?

Principais tipos de lixas de unha
1. Lixa de unha comum
2. Lixa de pé manual
3. Lixa Banana
4. Lixa Elétrica
5. Lixa bloco ou Lixa polidora
6. Lixa de metal
7. Lixa de vidro

Qual é a abrasividade ideal para a lixa de unha?

Lixa lavável: posso reutilizar em clientes diferentes?
Como fazer a higienização da lixa de unha lavável?

Como usar lixa de unha corretamente
Lixe as unhas em um único sentido
Use lixa média ou fina
Cuidado na hora de lixar a superfície da unha
Tire as rebarbas
Suavize as pontinhas das unhas quadradas
Lixe nas laterais
Lixe as unhas ainda com esmalte


Para que ser a lixa de unha?

lixa de unhaA principal função da lixa de unha é dar acabamento.

O principal motivo para isso é que o corte do alicate, ou do próprio cortador, pode deixar as unhas com rebarbas e facilitar a quebra. Além disso, este tipo de corte pode deixar pontas que ficam arranhando tecidos e podem causar acidentes.

Por isso, a lixa de unha é utilizada para suavizar a borda livre da unha.

Outra função importante da lixa de unha é a moldagem da unha. Por meio do lixamento é possível modelar a unha em diferentes formatos de unhas.

Sem contar que, existe também lixas utilizadas para polir e abrir ranhuras na superfície das unhas, facilitando a fixação do esmalte e a penetração de agentes de tratamento.

Principais tipos de lixas de unha

Antes de conversar sobre dicas de lixa de unha, a melhor maneira e usar e tudo mais, vamos conhecer quais são os principais tipos de lixa de unha.

Lixa de unha comum

como lixar a unhaPrimeiramente, a lixa mais conhecida, aquela que a gente encontra em qualquer perfumaria é a lixa manual comum. Ela pode vir em um pacote com muitas unidades e em um tamanho menor, perfeito para uso descartável da manicure profissional.

Mas, a lixa de unha comum também pode ser vendida em tamanhos maiores e embalagens com menos unidades, ideais para a pessoa que gosta de usar lixas em casa.

Esse tipo de lixa é feita de papelão e geralmente possui a parte abrasiva diferente, em que um lado é mais grosso e no outro é mais fininho. Sua abrasividade é feita com areia e costuma ter um custo benefício muito bom.

Lixa de pé manual

Outra variação, é a lixa de pé. Ela também pode ser descartável ou de uso recorrente. Para a manicure, o ideal é ter um suporte de plástico e comprar os saquinhos com a lixa descartável. Para utilizar, basta encaixar no bastão.

Já para quem usa em casa, é possível comprar a lixa com bastão de madeira. Estas duas últimas também possuem abrasividade feita de areia.

Se você não quer mais lixar seus pés, aprenda aqui como conseguir isso:

Lixa Banana

Lixa BananaA lixa banana, também conhecida como lixa bumerangue, lixa bananão, lixa meia lua ou lixa sorriso, é uma lixa com formato mais curvo. Normalmente possui uma abrasividade 100/120 ou 100/180, dependendo da marca e das especificações técnicas. Sempre uma superfície é mais fina que a outra.

A principal característica desta lixa é seu formato e seu material de estrutura. Diferentemente da lixa comum, a banana possui sua estrutura feita de E.V.A, um material mais  resistente do que o papelão.

É muito boa para alongamentos em gel ou acrílico, possui uma durabilidade muito maior do que a lixa comum e seu formato ajuda o movimento na hora de fazer o acabamento da unha.

A granulação deste tipo de lixa é de areia e muitos modelos são laváveis. Mais adiante a gente vai falar mais sobre este tipo de lixa.

Lixa Elétrica

lixa elétricaA lixa elétrica geralmente vem acoplada a um micromotor. Algumas funcionam com bateria, já outras vão direto na tomada. Existem vários modelos com diferentes potências e quantidade de rotações por minuto.

As lixas elétricas possuem brocas diferentes que se adequam a funções específicas do trabalho. Inclusive, este tipo de lixa é usada por manicures que fazem alongamento, mas também é usada na técnica da cutilagem russa.

Se você quiser, podemos fazer um post completo, mostrando os diferentes tipos de broca, quais os materiais disponíveis no mercado, como limpar a broca, passo a passo do lixamento técnico e muito mais.

Para a gente saber que você quer ler sobre isso, escreva um comentário pedindo um post só sobre lixa elétrica aqui no Blog! Se tiverem muitos comentários, a gente prepara um material bem completo, ok?

Lixa bloco

lixa blocoA lixa bloco também é muito conhecida pelo nome de lixa polidora.  Sua função é dar acabamento para alongamentos de unha, mas também pode ser usada para tirar as imperfeições da superfície das unhas naturais.

Nas unhas naturais, a lixa polidora pode retirar a camada superficial das unhas, feita de queratina dura, e permitir a penetração de produtos de tratamento.

 

Saiba mais:

Lixa de metal

A lixa de metal se parece com uma faquinha. Na maioria dos casos possui um cabo de plástico e a parte abrasiva é prateada, pois é feita de metal texturizado. Ela não é indicada para esterilização na autoclave ou na estufa, pois possui cabo de plástico.

Porém, para uso doméstico é muito indicada, pois apesar de ser um pouco mais cara, tende a durar mais. É ideal para levar na bolsa e fazer pequenos reparos nas unhas antes que quebrem.

Sua ponta pode ser usada para tirar resíduos dos vãos e cantos da unha. Sua abrasividade é média.

Lixa de vidro

lixa de vidroEsta lixa é mais difícil de encontrar. Talvez por isso, seu valor é mais elevado. Com abrasividade baixa, a lixa de vidro é mais delicada e possui um formato parecido com a lixa de metal: longa, pontiaguda e com um cabo.

Perfeita para pessoas com unhas frágeis, lixa de forma gentil, sem arrancar lascas ou abrir as camadas da unha. Não é indicada para uso por manicures.

Qual é a abrasividade ideal para a lixa de unha?

A granulação ou abrasividade da lixa indica o quanto ela é mais ou menos grossa. Por isso, quanto mais abrasiva a lixa, mais grosseiro é seu acabamento. Quanto menos abrasiva, menos agressiva, mais refinado o acabamento.

É possível saber a abrasividade da lixa de unha por meio da numeração. Geralmente a lixa vem com dois números separados por uma barra. Por exemplo, o modelo mais comum que a gente encontra no mercado é a 100/180.

Quanto maior o número, mais fina é a lixa. Ou seja, lixas polidoras, que são mais finas e menos abrasivas, tendem a ter números maiores, de 200 pra cima. Ao mesmo tempo, lixas mais grossas, com maior abrasividade, e que são ideais para unhas de acrílico, por exemplo, possuem uma numeração menor, como a 100/120, por exemplo.

  • Abrasividade Alta: acabamento mais grosso, numerações menores do que 100;
  • Média: abrasividade ideal para lixar unhas naturais e alguns tipos de alongamentos, a numeração geralmente vai de 120 a 180;
  • Baixa: abrasividade baixa é responsável pelos acabamentos mais suaves, de polimento das unhas, perfeito para unhas naturais ou alongamentos porque dá uniformidade para a superfície da unha; sua numeração é acima de 200.

Lixa lavável: posso reutilizar em clientes diferentes?

lixa polidoraA lixa banana, vendida em muitas lojas de produtos para as unhas, geralmente leva uma indicação na embalagem ou na página do e-commerce de que ela é lavável.

Mas, isso gera uma grande dúvida: manicures profissionais que fazem alongamento podem reutilizar a mesma lixa banana em todas as suas clientes, mesmo depois de lavar?

Bem, muitas delas reutilizam, porque, afinal de contas, para fazer alongamento artificial de gel, acrílico ou acrigel, a cliente não pode ter infecção por fungos. Desta forma, o raciocínio que se faz é simples: não há doenças que podem ser transmitidas.

Mas, como nem tudo são flores nesta vida, esta não é a opção mais segura, infelizmente.

O mais indicado é ter um kit com lixa para cada clientes, que deve ser higienizado e armazenado pela manicure. Para armazenar, use saquinhos com etiquetas que levam o nome da cliente. Assim, fica mais fácil se organizar.

Como fazer a higienização da lixa de unha lavável?

A lavagem da lixa é muito simples, basta usar um detergente, de preferência um detergente enzimático, e lavar com água corrente. Se tiver uma escova com cerdas macias, use para retirar os resíduos da lixa.

Seque as lixas com uma toalha limpa ou com papel toalha. Para finalizar, borrife álcool 70 e deixe secar naturalmente. Depois, armazene em local limpo e seco, utilizando saquinhos plásticos e etiquetas para sinalizar cada kit.

Como usar lixa de unha corretamente

É sempre bom ter uma na bolsa, isso a gente falou. Uma lixa na bolsa te salva de uma unha quebrada. Sabe quando a unha começa a lascar, quando enrosca de leve na roupa e no cabelo? Se não tiver quebrado de vez, dá pra lixar de leve e corrigir.

Lixe as unhas em um único sentido

O clássico movimento de lixar as unhas é o vai e vem. Mas, acredite, este movimento não é o mais indicado, principalmente para quem tem unhas mais frágeis.

O movimento de vai e vem tende a ser mais agressivo com a unha e propicia a abertura das camadas das unhas, causando sua descamação. Por isso, o mais indicado é lixar as unhas em um sentido só. Em vez de vai e vem é vai vai. Isso ficou engraçado, mas deu pra entender, né?

Use lixa média ou fina

Evite o uso de lixa grossa na sua unha natural. A lixa muito grossa agride as unhas e desestrutura, podendo descamar. Por isso, prefira as lixas com granulação média (120/180) ou, se puder, até mais fina do que isso.

Cuidado na hora de lixar a superfície da unha

Fazer ranhuras leves na unha ajuda na fixação do esmalte ou do alongamento. Porém, o ideal é moderar na hora de lixar a superfície da unha. É nesta camada mais superficial que está a queratina dura, responsável por manter as unhas mais firmes. Assim, fazer ranhuras ajuda na fixação de qualquer produto, inclusive na penetração de agentes de tratamento das unhas.

Tire as rebarbas

Sempre que você faz um lixamento, principalmente nas unhas naturais, mas também pode acontecer nos alongamentos, fica a tal rebarbinha. A rebarba é aquele resíduo do lixamento que se esconde debaixo da unha. Por este motivo, é sempre bom passar a ponta da lixa para tirar as rebarbas e deixar o acabamento perfeito.

Suavize as pontinhas das unhas quadradas

As unhas quadradas ficam com duas pontinhas na lateral. Por isso, passe a parte menos abrasiva da lixa nestes cantos para evitar quebras e também prevenir problemas como arranhar a pele ou ficar enroscando na roupa.

Lixe nas laterais

As unhas quadradas são as mais comuns no Brasil. Mas, pare evitar a quebra, é preciso lixar nas laterais com delicadeza para modelar essa parte da unha. Não fazer isso pode causar quebra.

Lixe as unhas ainda com esmalte

Na hora de fazer as unhas, a primeira coisa que você pode fazer é lixar. Desta forma você faz o lixamento utilizando o esmalte como uma proteção.

Para saber mais sobre como fortalecer suas unhas com um cronograma de tratamento, veja:

E não se esqueça de seguir o Instagram da Nati para ficar por dentro das novidades!